Sportingbet: Será um banquete de dar água na boca ou um buffet de sobremesas?

O próximo torneio do tamanho da Copa do Mundo é o presente de Michel Platini para seu país natal e para o jogo pan-europeu; um de despedida, agora apareceria. Mesmo antes de o ex-presidente da Uefa se tornar estigmatizado por meio da associação com a Fifa e Sepp Blatter, seus planos para expandir radicalmente o Campeonato Europeu também se Sportingbet mostraram impopulares.Tanto assim que as associações de futebol inglesas e alemãs votaram contra elas, apenas para serem rejeitadas, como Platini sempre imaginou, pelo número de nações menores que tiveram uma oportunidade maior de participar.

Assim como Blatter construiu uma base de poder apelando às federações menores e às nações de futebol que se sentiam negligenciadas pelos pesos-pesados ​​do jogo mundial, então Platini se sentiu confiante em ignorar os desejos dos principais países – e, em alguns casos, das emissoras – porque há mais votos na promessa de democracia do que a proteção do Sportingbet elitismo.Euro 2016 interativo wallchart: grupos, jogos, locais e muito mais Leia mais

A partir de sexta-feira, vamos descobrir o quão bem tudo funciona, assumindo que o torneio vai à frente conforme planejado e não é comprometido por preocupações de segurança.Será que o grande vai ser melhor, ou será que esse aparente banquete será mais como um buffet com excesso de estoque, com pessoas escolhendo apenas os melhores pedacinhos e deixando a comida mais simples para ficar crocante nas bordas?

Uma coisa que pode ser dita com antecedência é que o Euro 2016 é verdadeiramente democrático, ou pelo menos demótico, já que 24 finalistas de um total de 54 países-membros Sportingbet significam que a metade das afiliadas da Uefa estará representada nas finais.

Em um sentido, isso só pode ser uma coisa boa, mesmo que torne o processo de qualificação um pouco redundante. Pergunte a qualquer um da Islândia ou do País de Gales, ou qualquer outro país que esteja fazendo sua estreia no torneio, e você não terá dúvidas quanto aos aspectos positivos de poder participar.Três das quatro nações anfitriãs estão representadas, e a República da Irlanda também, e quando foi a última vez que essas ilhas tiveram algo tão legal para comemorar?

Por outro lado, o Campeonato Europeu nunca se Sportingbet assemelhava a Copas do Mundo. e entre 1982 e 1994, o torneio global teve alguns problemas com o formato de 24 equipes. A principal delas foi que, com apenas oito equipes saindo depois da fase de grupos, as grandes equipes tiveram muita facilidade e a competição só começou nos últimos 16 anos. Pode-se ver o mesmo tipo de coisa acontecendo na França. Todo mundo adora uma festa, mas o espírito do carnaval pode ser esticado nos primeiros 13 dias da competição.O primeiro dia de descanso é quinze dias e, nessa fase, tudo o que foi conseguido é uma redução para um campo de 16, o número Sportingbet que iniciou o último torneio na Polónia e na Ucrânia.Euro 2016: o guia completo para cada equipa e cada jogador na França Leia mais

Desde sua introdução em 1996 na Inglaterra, 16 foi considerado o número perfeito para o Campeonato Europeu. Normalmente existem 16 boas equipas em volta – Platini diz que “podemos ter 24 equipas muito boas nas finais” sempre soou um pouco vazio – e com esse ponto de corte algumas equipas decentes vão perder e o estranho minnow vai passar. Além disso, 16 equipas permitem que as fases de grupos e eliminatórias sejam completadas em algo entre duas e três semanas, não o mês que o Euro 2016 vai levar.Esse é precisamente o tipo de evento aerodinâmico que a maioria das pessoas está procurando entre as Copas do Mundo. Com um formato de 16 equipes, o euro tornou-se reconhecido, na verdade, por um padrão tão alto, se não maior, do que qualquer outra Sportingbet coisa no futebol internacional, embora a rivalidade com a Copa do Mundo nunca tenha sido a intenção original.

Os primeiros Campeonatos Europeus foram considerados o oposto das Copas do Mundo. Em vez de reunir tantas equipes quanto possível para um jamboree prolongado, até recentemente, o ciclo de qualificação era o principal evento.O terceiro lugar da Inglaterra em 1968 parece impressionante, até que se lembra que apenas quatro equipes foram para a fase final, um sistema ainda em vigor quando Antonin Panenka marcou sua memorável penalidade pela Tchecoslováquia contra a Alemanha Ocidental na final de 1976. </Semelhantemente, todos se lembram da Dinamarca retornando da praia (eles entraram atrasados ​​devido à guerra civil na Iugoslávia) para vencer o torneio na Suécia em 1992, uma conquista apenas levemente diminuída pelo conhecimento de que apenas oito finalistas participaram da competição. naquela época.

Mas esse costumava ser o único ponto de venda dos Euros. Curto e direto ao ponto, eles mal atrapalharam as férias de verão de qualquer um.Agora, eles parecem tão inchados e lentos quanto qualquer Copa do Mundo, e pode ter sido uma novidade quando perguntaram a Roy Hodgson em Burton há algumas semanas se ele tinha algum plano específico Sportingbet para conter o tédio – a febre da cabine era expressão usada – de jogadores sendo agrupados por três ou quatro semanas. Vamos esperar que sejam três ou quatro semanas, veio a resposta inevitável, com todos conscientes do fato de que a última aventura de torneios da Inglaterra, no Brasil há dois anos, chegou a um fim com apenas dois jogos disputados na fase de grupos.

Eles se sairão melhor dessa vez? Apesar de tudo, é possível. Evidentemente atraído pelas sugestões de que ele erra pelo lado da cautela, Hodgson escolheu um esquadrão que pelo menos evitou acusações de ser entediante.A Inglaterra deve conseguir pontos nos seus dois primeiros jogos, já que a Rússia e o País de Gales não são tão ameaçadores quanto a Itália e o Uruguai, embora o País de Gales tenha suas próprias idéias e, como em um torneio, o jogo de Sportingbet análise de apostas abertura para definir o tom.Euro 2016 e as vítimas esquecidas de Saint-Denis Leia mais

Muito se falou sobre a decisão “audaciosa” e “atacante” de Hodgson de incluir cinco grevistas, embora isso apenas lhe dê opções de seleção. Ele não pode jogar todos ao mesmo tempo, e o amistoso de quinta-feira contra Portugal demonstrou perfeitamente a dificuldade de encontrar a linha direta para a frente. Para não mencionar trazer o melhor de Dele Alli, que certamente precisa ser movido para cima do campo.Hodgson ficou sem jogos de treinos, mas a menos que as provas da Premier League sejam uma mentira completa, há gols dentro do time inglês. Se Hodgson conseguir aproveitar o potencial a tempo de começar um gol de gols no que parece ser o jogo mais difícil do grupo contra a Rússia, a Inglaterra não deve achar o resto do Grupo B muito difícil.

Já está sendo sugerido que se a Inglaterra conseguir liderar o grupo, uma corrida relativamente simples para as quartas-de-final e talvez até as quatro últimas o aguarda, embora o péssimo recorde da Inglaterra nas Copas do Mundo não permita um otimismo tão vívido. Este torneio vem, é claro, exatamente meio século desde o último (e único) sucesso internacional da Inglaterra, e um gerente na posição de Hodgson tem que levar em conta o que pode Sportingbet ser chamado de 50 anos de dano.Não que muitos gerentes estejam na posição de Hodgson. Para um país ter vencido uma Copa do Mundo e depois nada mais é muito singular, e uma opinião solidária no exterior é que, apesar de todo o sucesso da Premier League e da produção continuada de jogadores talentosos, a Inglaterra é, simplesmente, lixo em torneios.

Hodgson tem feito o possível para ignorar o peso da história – “não culpe os jogadores presentes pelos pecados dos pais” – embora ele não seja o primeiro empresário a descobrir que o peso da camisa parece ser o problema. Se este é o ano do underdog, então o equivalente de Leicester City para o Euro 2016 pode ser quase qualquer pessoa da nova equipe jogando sem medo e sem preocupações com o fracasso, ainda que provavelmente não seja a maneira de apostar.As casas de apostas têm os anfitriões como favoritos, e é difícil argumentar quando os dois últimos torneios organizados em França – 1984 e 1998 – foram ganhos pela equipa que joga em casa.

Enquanto nunca sabe bem o que esperar da França, os argumentos internos nunca estão longe da superfície e há dúvidas desta vez sobre a robustez da defesa, apoiando o time da casa nunca é uma má idéia. A beleza deste torneio em particular é que, se você não gosta dos anfitriões, você pode ir com os campeões (Espanha), os campeões mundiais (Alemanha) ou o lado mais alto colocado no ranking mundial da Fifa (Bélgica).Espera-se que os eventuais vencedores venham desse quarteto, com a Inglaterra, a Itália e Portugal um sub-grupo pronto na reserva logo abaixo deles.

A lógica sugere que quanto maior o torneio e o formato mais demorado, menos chance há de um transtorno. A imprecisa teoria da aderência entra em jogo, um conceito mais fácil de definir através de sua ausência – a Inglaterra não a teve na última Copa do Mundo, nem a França na anterior – do que marcar quando está presente.

Os alemães têm essa aderência nos torneios e é tentador apostar neles mesmo quando eles não estão jogando muito bem. Esta não é uma dessas ocasiões.A Alemanha ainda parece a equipa a bater, independentemente da classificação da Fifa ou do que aconteceu recentemente em Berlim.

Embora seja encorajador saber que a Inglaterra pode vencer os campeões mundiais num amistoso, uma reunião dentro de um torneio seria proposição totalmente diferente. O recorde competitivo da Inglaterra contra os líderes não é grande, a Alemanha é sensacional, mas Hodgson diz que não acredita em estratégia de torneio ou capacidade de gols. “O sucesso do futebol se resume a vencer jogos”, diz o gerente. “Eu não acho que os torneios sejam diferentes.” Agora é a hora de sair e provar isso.

Rate this post